FILHOS NO CAMPO MISSIONÁRIO

Atualizado: Mar 6

Desde de sua tenra infância, como filha de missionários ela enfrenta de perto as mudanças. Aqui temos a oportunidade de ler o que ela compartilha de forma criativa (em forma de carta) um tema muito relevante e nos ajuda a compreender como afetam os filhos de missionários.

Querida Mudança:


Você está na minha vida desde o meu nascimento. Quando tinha só quatro meses você me fez mudar de casa, da minha manta, de meu leito e da minha família. Tive que me acostumar com minha outra casa, mas como eu era muito pequena e com a companhia que tinha eu não senti muito a sua presença.


Você voltou a aparecer na minha vida aos meus nove anos de idade, tive de novo que me acostumar a outra vida, amigos e família de sangue, mais com minha inércia de pequena e a facilidade para conhecer gente nova não me importei muito com você.


Mas outra vez você apareceu, no começo de minha adolescência. Desta vez eu não me esqueço, a forma brutal e horrorosa que você apareceu. Quando finalmente eu sentia que estava no lugar perfeito, você me tirou de lá, me tirou das minhas raízes e com tanta rapidez me deste tanto sofrimento. Eu tive que me acostumar a outra rotina, outra casa, outra vida y outro lar. Por outro lado, isto não foi suficiente para você e apartou-me de minha irmã para um lugar muito longe, afortunadamente tenho tecnologias que antes não havia e posso usar para comunicar-me com minha amiga de sangue.


Mas, não somente me trouxeste sofrimento... também felicidade, ensino, amigos e um lar ao longo do tempo. Você vai continuar comigo para o resto da minha vida e contigo vou ter experiências que nunca tive.


Lamentavelmente nunca receberá esta carta, mas espero que desta vez você me deixe estar mais tempo para que possa criar raízes e que você não volte a tirá-las de mim.

J. A. RIBEIRO, juntamente com sua família, são missionários desde o ano 2002 entre nossos amigos muçulmanos no Norte da África, aprendendo e servindo com a igreja que é perseguida nesta região. São fundadores do projeto Eu Oro pelo Norte da África.


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

BARREIRAS?

oracao2_peq.png